Follow us on SIP Follow us on BLOGGER Follow us on FACEBOOK Follow us on YOUTUBE Follow us on TWITTER
Alertas
Estadísticas
Investigaciones
Reclame Justicia

Noticias
Actividades
Documentos oficiales
Campaña de medios
Reformas legales
Jurisprudencia
Publicaciones
Videos
Newsletter
Enlaces

Misión
Autoridades
Personal
Contáctenos
Haga su donación
Dona Tu Voz - CD

Publicación mensual dirigida a las diferentes bases de datos de personas e instituciones que han solicitado información sobre el Proyecto Contra la Impunidad. Si usted quiere ser destinatario de este boletín, escriba a la siguiente dirección.

SIP condena assassinato no Brasil e pede investigação imediata (Português)

Miami (20 de outubro de 2010). - A Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP) condenou o assassinato do jornalista Francisco Gomes de Medeiros, no Rio Grande do Norte, Brasil, e pediu que as autoridades locais tomem medidas imediatas para que os culpados sejam levados à justiça.  

O jornalista Francisco Gomes de Medeiros, de 46 anos, foi assassinado na segunda-feira, 18 de outubro, por volta das nove horas da noite. Um homem em uma moto disparou cinco vezes contra ele. Medeiros estava sentado na calçada em frente à sua casa no bairro Paraíba, em Caicó, no estado do Rio Grande do Norte. Gravemente ferido, foi levado para um hospital local onde faleceu logo depois.  

O presidente da SIP, Alejandro Aguirre, subdiretor do Diario de Las Américas, com sede em Miami, expressou sua “solidariedade e a consternação da organização diante deste assassinato” e pediu ao governo local para “realizar uma investigação imediata” do crime, que parece ter sido motivado por razões profissionais.   

A polícia deteve um suspeito que confessou ter executado o crime em represália pelas denúncias feitas contra o narcotráfico. A imprensa local informou que a polícia continua trabalhando com a hipótese de que existe um mandante, talvez ligado ao crime organizado.   

De acordo com colegas de Medeiros, seu assassinato poderia estar relacionado às denúncias que fez sobre o tráfico de drogas na região. Popularmente conhecido como F. Gomes, ele era considerado, segundo a mídia local, como um dos repórteres policiais mais respeitados do estado, e combatia o crime por meio dos textos que publicava diariamente no seu blog. Era também diretor do departamento de radiojornalismo da Rádio Caicó AM, onde apresentava o programa diário “Comando Geral”.  

Escreveu sobre política e temas policiais para o Diário de Natal durante 11 anos, e antes disso trabalhou para os jornaisTribuna do Norte e Gazeta do Oeste. Era casado e pai de três filhos.  

O presidente da Comissão de Liberdade de Imprensa e Informação da SIP, Robert Rivard, diretor editorial do San Antonio Express-News, de San Antonio, Texas, lembrou que a violência contra os jornalistas que denunciam nos seus meios as atividades do crime organizado será um dos principais temas debatidos durante a Assembleia Geral da SIP, que será realizada em Mérida, México, de 5 a 9 de novembro.  

A SIP é uma entidade sem fins lucrativos que se dedica a defender e promover a liberdade de imprensa e de expressão nas Américas. É formada por mais de 1.300 publicações do hemisfério ocidental e tem sede em Miami, Estados Unidos. O Projeto da SIP contra a Impunidade conta com o apoio da Fundação John S. e James L. Knight e sua missão é combater a violência contra os jornalistas e reduzir a impunidade na maioria desses crimes. http://www.sipiapa.org; http://www.impunidad.com

6
2013
PRESIONE AQUÍ PARA VER LAS ESTADÍSTICAS
 
Seminario
  
 
Dona tu Voz - click para ver consurso
 
 
 

Esta carta será enviada al .
 
 
Sociedad Interamericana de Prensa
Jules Dubois Building 1801 S.W. 3rd Av., Miami, Florida 33129
Tel: (305) 634-2465 Fax: (305) 635-2272
WEBSITE CONTENT © IAPA, ALL RIGHTS RESERVED.
WEBSITE BY: SILVA HEEREN, INC.